sexta-feira, 30 de maio de 2014

NOTA DE PESAR



Do Comando Geral da Guarda Municipal do Natal
Pelo falecimento do Srº Arilson Araújo




O Comando Geral da Guarda Municipal do Natal (GMN), representando o sentimento de todos os seus integrantes, recebe com pesar a notícia do falecimento do senhor Arilson Araújo, irmão do Subcomandante de Instrução e Material da GMN, Ariberto Araújo.



Neste momento, toda a corporação azul-marinho se une aos familiares manifestando à família enlutada nossas sentidas condolências pela perda do ente querido e que Deus bom e piedoso possa lhes confortar neste momento de dor.





Informes:



Velório: Acontece neste momento na Funerária Vila Flor, situada na Av. Xavier da Silveira, Morro Branco.

Sepultamento: Neste sábado (31) às 15h saindo da Funerária Vila Flor com destino ao Cemitério de Nova Descoberta.




João Gilderlan Alves de Sousa
Comandante Geral da Guarda Municipal do Natal
Natal-RN, 30 de maio de 2014

Projeto Amana segue com foco na prevenção



O Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GMN) vem dando sequencia ao importante projeto Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana) que tem como objetivo levar consciência cidadã e ambiental para crianças carentes moradoras do bairro de Cidade Nova, região limítrofe com a Zona de Proteção Ambiental 01.

Inicialmente a ação vem atendendo 30 crianças na faixa etária de 9 a 12 anos que se encontram matriculadas na Escola Municipal Emília Ramos. Elas foram selecionadas obedecendo aos critérios de se encontrarem em risco social urgente, não estar participando de nenhum outro projeto social e de residirem nas adjacências do Parque da Cidade do Natal.

De acordo com a coordenadora do projeto, GM Michely Oliveira, o processo de aprendizagem não passa por aulas formais e sim pela promoção de oficinas práticas com dinâmicas construídas entre os assistidos pelo projeto e os agentes facilitadores. Estão sendo introduzidos componentes curriculares focando música, pintura em tela, formação de fanfara e coral infantil, além de ações pedagógicas utilizando o contato direto com o meio ambiente, buscando fortalecer a concepção de cidadania das crianças.


“Escolhemos o bairro de Cidade Nova por possuir várias escolas estaduais e municipais e vínhamos observando que as crianças dessas escolas, em especial as que se encontram mais perto do Parque da Cidade, adentram o mesmo para pichar, subir as dunas e praticar atos de vandalismo e depredação. Com apoio do comando do GAAM/GMN, pensamos no projeto de formação de multiplicadores na preservação do meio ambiente”, relatou a GM Michely.

Antes da implantação do projeto a equipe de instrutores realizou reuniões com pais e familiares das crianças que participam da ação, aonde foi esclarecida toda a dinâmica e o objetivo do Amana.

O Amana, que é desenvolvido na zona Sul, juntamente com o projeto Semente Cidadã, que atende mais de 120 crianças e jovens na zona Norte da cidade, são duas ações sociais desenvolvidas pelo corpo técnico de agentes da GMN que buscam trabalhar ações de segurança preventiva social.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

segunda-feira, 26 de maio de 2014

Guarda Municipal de Natal suspende folgas durante a Copa do Mundo

Guarda Municipal terá folgas suspensas durante a Copa
Os guardas municipais de Natal terão as folgas suspensas durante a Copa do Mundo. A informação foi publicada no Diário Oficial do Município nesta segunda-feira (26) por meio de uma portaria assinada pelo comandante da Guarda, João Gilderlan Alves de Sousa. O período sem o benefício tem início a partir do dia 12 de junho, data da abertura do Mundial.

De acordo com a portaria, a suspensão das folgas acontece porque a Guarda, atualmente, trabalha em regime de escala e não possui pelotão para reposição. A publicação cita ainda que Natal é uma das sedes do torneio.

No documento, João Gilderlan lembra que é dever da entidade "colaborar com a segurança dos munícipes, inclusive nos grandes eventos, bem como em manifestações populares e demais atividades semelhantes".

O período sem o benefício da folga para a Guarda Municipal vai até o dia 12 julho, data da decisão do terceiro lugar da Copa do Mundo.

Fonte: G1 RN.

Prefeitura paga dia 11 de junho a primeira parcela do 13º salário

O prefeito de Natal, Carlos Eduardo, anunciou nessa sexta-feira (23) o pagamento da parcela referente a 40% do décimo terceiro do funcionalismo público municipal para o próximo dia 11 de junho. Serão beneficiados todos os 21.497 servidores da administração municipal (ativos, inativos e pensionistas).

O pagamento representa uma injeção de R$ 21,250 milhões na economia natalense. Os salários do mês de junho serão pagos de acordo com o calendário divulgado no início do ano nos dias 26, 27 e 30. O valor da folha de pagamento para junho será de R$ 42,270 milhões de reais.

Fonte: Assecom PMN.

sexta-feira, 23 de maio de 2014

Entrevista: Deputado defende o Estatuto das Guardas Municipais


video

A Comissão de Segurança Pública da Câmara aprovou recentemente o projeto que cria o Estatuto Geral das Guardas Municipais. O texto regulamenta a carreira e garante o porte de arma aos agentes municipais, um dos pontos mais polêmicos da proposta. Estão previstos ainda o controle interno de corregedorias e a capacitação dos guardas municipais com cursos sobre armas com tecnologia de menor potencial ofensivo.

Fonte: Agência Câmara (Programa Palavra Aberta).

quinta-feira, 22 de maio de 2014

GAAM participa de ação contra a exploração e o abuso sexual de criança e adolescentes



Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (GAAM/GMN) participaram nesta semana de várias ações sociais em alusão ao dia nacional de combate à exploração e violência sexual de crianças e adolescentes, comemorado no último dia 18. O trabalho teve como foco o slogan Não Desvie o Olhar e foi apoiado pelo Instituto Ponte da Vida e pelo Sest/Senat.

Diversas atividades foram desenvolvidas no Parque da Cidade do Natal com as crianças do projeto Agente Mirim Ambiental de Natal (Amana), coordenado pela equipe técnica de guardas municipais do GAAM/GMN. Foram distribuídos brindes e lanche, além de ser realizada uma palestra com os pais das crianças do Amana e funcionários e professores de escolas públicas do bairro de Cidade Nova abordando o tema: Como Identificar Crianças e Adolescentes Vítimas de Abuso Sexual e Bulling, que foi ministrada pelo GM Flávio Alessandro, psicopedagogo.


A ação foi finalizada com uma blitz efetiva na avenida Omar O’grayd na frente do Parque da Cidade. Foram parados veículos onde foi feito um trabalho de conscientização junto aos motoristas, além de distribuição de mais de mil panfletos explicativos e adesivos direcionando a temática.


De acordo com o comandante do GAAM/GMN, Ivanaldo Rodrigues, ampliar o debate sobre o combate à exploração e violência sexual de crianças e adolescentes é de suma importância, principalmente em cidades sede da Copa do Mundo. “É um tema sério, sobretudo porque sabemos que os casos de exploração sexual que em períodos de Copa em outros países aumentaram cerca de 40 a 50%”, alertou.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Mais 43 guardas municipais iniciam curso de aprimoramento

Até o final deste mês 195 guardas finalizam a capacitação.
A Guarda Municipal do Natal (GMN) inicia amanhã (23) o 4º Ciclo de Instruções para Aprimoramento das Atividades do efetivo da GMN. A capacitação contabiliza 20h/a e vai contar com a participação de 43 guardas municipais.

Serão cinco dias de treinamento onde os agentes terão a oportunidade de passar por uma reciclagem que vai apresentar novos procedimentos nas disciplinas de Técnicas de Abordagem e Procedimentos em Serviço, Rádio Transmissor Portátil e Código ‘Q’, Equipamentos e Sistema de Comunicação, Saúde e Segurança, Relações Humanas no Trabalho, Estudo de Caso para Resolução de Conflitos e para Reavaliação das Atitudes em Serviço, além de Aspectos Sociais e Culturais da Cidade de Natal.

De acordo com o subcomandante de Instrução e Material da GMN, Ariberto Araújo, a capacitação tem o foco direcionado para atualizar as informações e a capacidade de ação e reação do efetivo durante o desenvolvimento do serviço cotidiano de segurança pública realizado pela instituição. “O comando da GMN vem planejando ações permanentes de treinamento visando à eficiência operacional da corporação diante das necessidades que serão exigidas durante a Copa do Mundo deste ano”, disse.

Nos dois primeiros ciclos foram formados 130 guardas municipais, e no terceiro que finaliza no final deste mês outros 65 agentes serão habilitados. Para a Turma G, as instruções vão acontecer na Escola Estadual Vigário Bartolomeu, em Morro Branco. Já para a Turma H, as disciplinas serão ministradas na Fundação Capitania das Arte (Funcarte), no horário das 8h às 12h para a turma H e das 18:30h às 22h para a turma G. Todo o efetivo da GMN vai passar pelas instruções do Curso de Aprimoramento. Confira mais informações no link INSTRUÇÃO.


Texto: Assecom GMN.

Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Comandante participa de audiência pública na Câmara Municipal

Comadante da GMN, João Gilderlan (1º a dir.), relatou o serviço desenvolvido pela Guarda Municipal.

O comandante da Guarda Municipal do Natal, João Gilderlan Alves de Sousa, participou nessa terça-feira (20) de uma audiência pública na Câmara Municipal de Natal que debateu “O papel do poder público municipal no combate à violência na capital potiguar”. O debate, proposto pelo vereador Felipe Alves (PMDB), contou com a participação de representantes das Polícias Civil e Militar, da Guarda Municipal, e das Secretarias de Educação (SME) e de Trabalho e Assistência Social (Semtas).

Natal foi apontada por pesquisa internacional como uma das 16 cidades brasileiras mais violentas do mundo, e a quarta cidade do país, com taxa de 57,62 homicídios por 100 mil habitantes. O Brasil tem o maior número de cidades entre as 50 listadas pela pesquisa. O levantamento foi divulgado em janeiro deste ano pela ONG (organização não governamental) Conselho Cidadão para a Segurança Pública e Justiça Penal, do México. O órgão realizou o estudo utilizando índices de população e de homicídios e de estatísticas oficiais dos governos locais, para classificá-las como mais ou menos violentas do mundo.

De acordo com o vereador Felipe Alves, existem situações de vulnerabilidade social que agravam a crise da segurança pública. “Refiro-me ao processo de exclusão ou enfraquecimento de indivíduos ou grupos, provocado por fatores, tais como pobreza, nível educacional deficiente, localização geográfica precária, dentre outros, que gera fragilidade dos atores no meio social”, explicou. Para ele, não adianta falar sobre prevenção e enfrentamento da violência sem levar em consideração a elaboração de programas educacionais e de políticas de valorização dos servidores públicos.

O comandante da GMN, João Gilderlan,, disse que o papel do Município na questão da segurança pública é, efetivamente, de prevenção e que a instituição desenvolve projetos em parceria com outros órgãos competentes com vistas a resgatar jovens de comunidades carentes por meio da educação, esporte e sensibilização ambiental. Já o delegado Matias Laurentino, da Delegacia Geral de Polícia Civil, falou que “não é possível oferecer respostas simples para a violência urbana, pois constitui um desafio histórico, um termômetro social e um indicador de qualidade de vida”.

Segundo a secretária municipal de Educação, Justina Iva, além da desigualdade social e concentração de renda, também há impunidade, banalização da violência através dos veículos de comunicação e aspectos culturais como machismo. “Para construir uma cultura de paz é necessário substituir autoritarismo por tolerância. Impor limite com carinho e diálogo. Porque as crianças aprendem mais com atitudes do que com palavras. Família e escola têm que cultivar juntas valores éticos e morais. Para isso, incentivamos ações de integração escola e comunidade”, ponderou Justina, que defendeu concurso público para aumentar o efetivo da Guarda Municipal.

“A Polícia Militar possui abrangência estadual com ações preventivas, repressivas e de socorrimento em todos os municípios do Estado do Rio Grande do Norte”, destacou o major Eduardo Franco, do Comando Geral da PM. “Existem problemas orçamentários que dificultam a realização do nosso trabalho. Porém, no meio das dificuldades do dia a dia tentamos encontrar soluções”. “Temos como meta prestar serviços de qualidade a sociedade. Acredito que um bom policial deve exercer o papel de mediador de conflitos”, completou.


Fonte: Assecom CMN.