sexta-feira, 30 de março de 2012

GMN participa do projeto Ação Civil Social



A Secretaria Municipal de Segurança Púbica e Defesa Social (Semdes), por meio da Guarda Municipal de Natal (GMN), em parceria com diversos órgãos da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social (Sesed) como o Gabinete de Gestão Integrada Estadual (GGIE) e a Coordenadoria de Programas para a Cidadania (Cpcid), participa neste sábado (31), da Ação Civil Social (ACISO), que ocorrerá no bairro de Nossa Senhora da Apresentação, na região Norte de Natal com ações desenvolvidas nas escolas municipais Dalva de Oliveira e José Frazão.


Coordenado pela Sesed, o evento contará com ações de orientações sobre prevenção e educação odontológica, educação sexual, geração de renda e Cozinha Brasil, uso racional de água, Lei Maria da Penha, Lei Seca, combate as drogas para adolescentes e adultos, entre outros temas.

Também serão realizadas atividades e oficinas ministradas pelo Projeto Semente Cidadã da GMN, reciclagem de garrafas PET, confecção de brinquedos e utensílios domésticos, aproveitamento de óleo de cozinha, combate a incêndio, teatro de mamulengos. O ACISO contará ainda com desfile cívico saindo da Escola Municipal Dalva de Oliveira em direção a escola Municipal José Frazão, onde acontecerão os atendimentos à população local e do seu entorno.

Projeto Semente Cidadã

O Projeto Semente Cidadã da GMN é uma ação comunitária apoiada pela Semdes, pelo Sindicato dos Servidores Públicos Municipais de Natal (Sinsenat) e por empresas privadas, tendo como agente propagador o corpo técnico da Guarda Municipal lotado na Base II de conjunto Soledade, na zona Norte. O objetivo primordial do Plano é a promoção da paz social e a integração comunitária, alcançadas por intermédio de práticas esportivas, culturais e educacionais.

Atualmente se encontram matriculadas em atividades lúdicas e psicosocias cerca de 120 crianças e jovens na faixa etária de 10 a 16 anos. As instruções feitas pelos guardas municipais são realizadas todas as terças e quintas-feiras nos turnos matutino e vespertino. A operação ainda conta com a participação de adultos da comunidade, que são assistidos periodicamente com as aulas de alongamento e ginástica. A GMN disponibiliza para o Projeto apoio de oito guardas municipais distribuindo nos setores de instrução, assistência social, pedagogia e administração.

Programação -31/0 03/2012 – sábado

Ação cívico social no bairro de Nossa Senhora da Apresentação - dia 31/03/2012 – sábado

Turno da manhã

09h às 09h20 – Apresentação – quadra de esporte – BP Choque PM/RN – demonstração de adestramento
09h às 11h20 – Oficinas
Sala 01 – Codim/ Deam, Bemfam – Orientações às minorias, utilização de folders/ panfletos e educação sexual.
Sala 02 – UnP – Prevenção e educação odontológica para crianças
Sala 3 – Sesc – Geração de renda e Cozinha Brasil
Sala 4 – Guarda Municipal – Reciclagem de garrafas PET, com confecção de brinquedos
Sala 5 – Idema – Aproveitamento de óleo de cozinha, confecção de brinquedos com garrafas Pet e utensílios domésticos, promove capacitação sobre resíduos sólidos
Sala 7 – Semed – Reciclagem e leituras
Sala 8 – Caern – Uso racional da água com educacionais ambientais
Sala 9 – Detran – Ações educativas com pinturas e vídeos
Sala 10 – Sejuc – Emissão de carteira de trabalho
Sala 11 – ABMCJ – Divulgação da Lei Maria da Penha e suas inovações
Sala 12 – Palestras
9h20 às 9h50 - CPRE - Lei Seca
9h50 às 10h20 - Degepol - Estatuto do Idoso
10h20 às 10h50 - Tributação - Orientação sobre educação fiscal
10h50 às 11h20 - Proerd - Combate às drogas para adolescentes e jovens
Quadra de Esportes – Apresentações
11h20 às 11h40 – Caern – Teatro de mamulengos com educação absoluta
11h40 às 12h00 – PM/RN – Teatro do grupo Absolutas da PM
12h00 às 12h20 – CBM/RN – Combate a incêndio
12h20 às 12h40 – SAMU – Simulação de acidente veicular

Turno da tarde

13h às 16h – Serviços
Sala 1 – CRAS – Orientações sobre serviços
Sala 2 – Associação das viúvas – Corte de Cabelo
Sala 3 – Defensoria – Orientações jurídicas
Sala 4 – Degepol – Confecção de boletins de ocorrência
Sala 7 – ITEP – Emissão de matérias de identidade
Sala 8 – Caern – Negociação de débitos
Sala 9 – Detran – Atendimento ao público
Sala 10 – Sejuc – Emissão de carteira de trabalho
Sala 11– ABMCJ – Divulgação da Lei Maria da Penha e suas inovações
Sala 12 - Hospital Maria Alice Fernandes – emissão do cartão do SUS
16h00 às 16h45 – Torneio de futsal na quadra de esportes – Projeto Comunidade em Paz
16h45 às 17h00 – Encerramento das atividades
17h30 às 17h45 – Palavras de encerramento das autoridades
17h30 às 17h45 – Arriamento do pavilhão nacional


Fonte: Site PMN.

quinta-feira, 29 de março de 2012

Área de dunas é fiscalizada

Obras foram embargadas e muros de alvenaria demolidos.

A área de dunas situada nas proximidades da avenida Norte, no bairro de Cidade Nova, foi alvo da ação integrada da Guarda Municipal do Natal (GMN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb). Os órgãos atuaram durante toda a manhã dessa quarta-feira (28) no embargo de obras, remoção de cercas e demolição de muros de alvenaria.

O local vem sendo invadido por posseiros que elevam construções irregulares e delimitam, com cercas, terrenos em solo de dunas, que são campos de proteção ambiental onde legalmente não podem receber nenhuma edificação. Todo o processo de fiscalização contou com a participação efetiva de guardas municipais do Grupamento de Ação Ambiental da GMN e de agentes dos setores urbanístico e fiscal da Semurb.

O coordenador de operações do GAAM\GMN, Elias Cordeiro, informou que toda a área que recebeu a ação de demolição e embargo foi isolada pela Guarda Municipal, que promoveu a segurança dos fiscais ambientais evitando que qualquer medida dos populares pudesse inibir o cumprimento da missão. “Apesar do combate diário dos órgãos ambientais cada vez mais se percebe que as ocupações ilegais vêm aumentando, principalmente dentro da extensão de proteção ambiental”, concluiu.

Carroceiro foi orientado a recolher todo o material lançado na praça

Carroceiro

Uma equipe de patrulhamento do GAAM\GMN flagrou na manhã dessa quinta-feira (29) um carroceiro despejando resíduos de construção civil na Praça Tomás Toscano da Mata próximo à avenida da Integração, em Candelária. Os agentes realizaram a abordagem e orientaram o infrator a recolher todo o material lançado na área o que foi atendido prontamente.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Ação conjunta embarga obra e interdita comércio

Proprietário da oficina havia sido notificado e não cumpriu a determinação

A Guarda Municipal do Natal (GMN) e a SecretariaMunicipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) atuaram em parceria nessa segunda-feira(26) no embargo de uma obra na avenida Xavier da Silveira, em Morro Branco, ena interdição de uma oficina automotiva na avenida 12, no bairro do Alecrim. Paraa operação foram enviados cinco guardas municipais do Grupamento de AçãoAmbiental da GMN e uma equipe de fiscais ambientais da Semurb.

Demolição foi embargada por guardas municipais e fiscais da Semurb

Na primeira ocorrência os agentes identificaram àdemolição de uma edificação que não possuía a licença necessária para darprosseguimento à destruição. O proprietário foi orientado e teve o serviçoembargado até a devida legalização do ato. “Toda obra de construção, ampliação,reforma ou demolição depende de prévio licenciamento por parte do município edeve seguir normas ambientais e urbanísticas regulamentadas e observadas noplano diretor”, esclareceu o coordenador de operações do GAAM\GMN, EliasCordeiro.

Nosegundo episódio foi interditada uma oficina que funcionava realizando serviçosde pintura e lanternagem de veículos. O comércio trabalhava sem licença e vinhacausando transtornos a vizinhança por não possuir local adequado para ocondicionamento dos resíduos poluentes produzidos pela atividade. “É a segundavez que a fiscalização atua nesse local e o proprietário já tinha sidoorientado no sentido de providenciar os ajustes necessários para o funcionamento”,contou o fiscal da Semurb, Leonardo Alves.

Emambos os casos os proprietários só poderão retornar suas atividades após aadequação exigida pela lei vigente no município.


Texto:Assecom GMN.
Contato:assecomgmn@hotmail.com.
.

terça-feira, 27 de março de 2012

Foragido é capturado pela Guarda Municipal

Agentes da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (GMN) capturaram nessa segunda-feira o foragido da justiça Anderson Damião da Silva Araújo, 24, condenado na comarca do município de Pedro Avelino a 1 ano e 7 meses de prisão por prática de furto.

O fugitivo foi encontrado no Albergue Municipal da Ribeira, zona Leste da capital, quando os guardas municipais faziam uma abordagem de rotina na localidade.

Informantes anunciaram aos agentes que o suspeito havia cumprido prisão, o que resultou numa consulta a ficha criminal do acusado que confirmou a existência de um mandado de prisão em aberto em desfavor do mesmo.


Os guardas municipais deram voz de prisão a Anderson que foi conduzido a Delegacia de Platão Zona Sul onde foi registrada a captura e a devida prisão do foragido.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

segunda-feira, 26 de março de 2012

Três mil DVD's piratas são apreendidos


Três mil DVD's "piratas" e vários carrinhos de som utilizados na comercialização de cd’s foram apreendidos na noite da última sexta-feira (23) numa operação que reuniu a Guarda Municipal do Natal (GMN) e a Secretaria Municipal de Serviços Urbanos (Semsur).

A intervenção foi motivada por denúncias de populares que informaram sobre a invasão de calçadas e áreas públicas por ambulantes, além do uso de equipamento sonoro amplificado nos carrinhos de som utilizados na propaganda dos produtos “piratas”.

Para a missão foram deslocados 16 guardas municipais e oito fiscais da Semsur, que iniciaram a inspeção às 21h percorrendo a avenida Roberto Freire, no bairro de Ponta Negra, e o passeio público dos shoppings Midway Mall e Via Direta, áreas de maior concentração do comércio ambulante.

O subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz, informou que a operação devolve as calçadas ao cidadão natalense e vem inibir o comércio ilegal de produtos clandestinos na cidade. “A Guarda Municipal vem garantindo a aplicação da lei pelas diversas secretarias da prefeitura, além de contribuir efetivamente com os órgãos de segurança pública”, afirmou.

Todos os produtos apreendidos foram recolhidos ao galpão de material confiscado da Semsur, que já acumula cerca de 10 mil artigos que devem ser incinerados nos próximos dias.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

sábado, 24 de março de 2012

Cigarreiras são removidas de espaço público

Guardas municipais do Grupamento de Ação Ambiental da GMN isolaram a área e atuaram na segurança dos funcionários responsáveis pela remoção dos equipamentos.

A ocupação irregular por parte de quatro cigarreiras situadas na avenida Getúlio Vargas, na lateral do Hospital Onofre Lopes, foi alvo na manhã dessa sexta-feira (23) da ação integrada da Guarda Municipal do Natal (GMN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) que desocuparam toda a área. A favor da remoção constava uma Ação Civil Pública impetrada pelo Ministério Público Estadual.


Os equipamentos estavam montados numa encosta onde havia risco de desabamento, além de ocuparem irregularmente espaço público sem a devida autorização do órgão competente. Os proprietários das cigarreiras foram antecipadamente notificados da medida e concedidos um prazo para que os produtos comercializados no local fossem retirados, porém alguns desobedeceram ao comunicado e continuaram na área.

Para o setor foram deslocados onze guardas municipais pertencentes ao Grupamento de Ação Ambiental da GMN, que atuaram no isolamento do local e agiram de forma precisa para conter os ânimos de alguns cidadãos mais exaltados. A ação durou toda a manhã e parte da tarde da sexta-feira (23). “O início da operação foi à parte mais difícil, os ânimos de alguns proprietários estavam acirrados, mas os agentes estavam cientes das dificuldades que poderiam encontrar. Tivemos que intervir algumas vezes para conter os mais revoltosos e cumprir a missão com êxito”, concluiu o coordenado de operações do GAAM\GMN, Elias Cordeiro.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Caminhão é apreendido e empresas são multadas por prática de crime ambiental

Caminhão foi apreendido e conduzido a sede do comando do GAAM\GMN.

Ação conjunta da Guarda Municipal do Natal (GMN) e da Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) flagraram na Zona de Proteção Ambiental 08 o aterramento de um campo de mangue realizado por comerciantes da área. A operação aconteceu nessa quinta-feira (22) nas proximidades da Avenida Ranieri Mazille (KM-06) no bairro de Felipe Camarão, zona oeste de Natal.

Para a localidade foram deslocadas duas equipes do Grupamento de Ação Ambiental da GMN e uma de fiscalização da Semurb. Várias empresas foram vistoriadas, onde foi detectado que o crime ambiental era praticado com o objetivo de aumentar a área privativa dos comércios.


Um caminhão de entulho, destinado ao aterramento do manguezal, foi apreendido e conduzido a sede do comando do GAAM\GMN no Parque da Cidade do Natal. Também foram lavrados autos de infração e multas destinadas as empresas responsáveis pelo crime ambiental, além de todo o espaço ter sido interditado.

Parte da área do mangue aterrada (Foto 01) e ampliação das empresas locais (Foto 02).

O secretário adjunto de Fiscalização e Licenciamento da Semurb, Sueldo Florêncio, acompanhou a operação e garantiu a aplicação de todas as medidas regulamentadas por lei para inibir a prática de crimes contra o meio ambiente no município. Já o comandante do GAAM\GMN, Alexandre Melo, apelou para a necessidade de preservação das áreas de manguezal. “O mangue
é o berçário para a reprodução das espécies marinhas, além do sustento para inúmeras famílias de pescadores”.

As equipes receberam denúncias do delito praticado há alguns dias atrás e vieram monitorando o setor para flagrar os responsaveis pelo crime. “O volume de metros cubicos de material utilizado no aterro é gigantesco e todas as empresas vistoriadas já contam com processos julgados”, lamentou o supervisor de Água e Solo da Semurb, Leonardo Almeida.

“É preciso que o cidadão saiba que esse local é Área de Preservação Permanente protegido por Lei Federal e qualquer intervenção requer autorização do órgão competente, do contrário será considerado crime ambiental passivo de pena de detenção de um a três anos e multa”, alertou o coordenador de operações do GAAM\GMN, Elias Cordeiro.


Texto: Assecom GMN.

Contato: assecomgmn@hotmail.com.