quarta-feira, 22 de abril de 2015

Guardas municipais vão passar por curso de aperfeiçomento


Curso é voltada para manutenção do porte de arma de fogo do efetivo

A Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) por meio do Comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) expediu comunicado nesta quarta-feira (22) informando sobre a abertura das inscrições do 2º Ciclo de Qualificação para Manutenção do Porte de Arma de Fogo dos Agentes da GMN. As inscrições iniciaram ontem (21) e seguem até o próximo dia 30 deste mês.

Para que o guarda municipal realize a matrícula no curso é necessário entrar em contato com sua chefia imediata e a mesma deve enviar os dados, com nome completo do agente, nome de guerra, número de corpo e a opção do horário de realização da capacitação, que pode ser no turno matutino ou no noturno. Essa informações devem ser enviadas para o email instrucaoematerial.gmn@gmail.com, com o assunto especificando: Inscrição Curso GMN.

De acordo com o subcomandante de Instrução da GMN, Ariberto Araújo, serão abertas duas turmas com 30 guardas municipais em cada e com previsão de início no dia quatro de maio. O curso conta com carga horária de 80h com 11 dias letivos de instruções teóricas e práticas. “Um ponto importante é que a qualificação vai ser toda realizada dentro da carga horária regular do guarda municipal em serviço”, alertou.

O subcomandante também informou que no próximo dia 30 duas turmas de capacitação com um total de 50 guardas será finalizada. No curso são ministradas as disciplinas de Gerenciamento de Crise; Técnicas de Abordagem Policial; Postura em Serviço; Relações Humanas no Trabalho; Legislação Aplicada; Psicologia das Emergências; Integração Operacional na Segurança Pública; Emprego de Equipamentos Letais; Preservação de Local do Crime; Legislação Ambiental; e Cuidados com a Saúde.

O agente da Guarda Municipal do Natal realiza anualmente curso de aperfeiçoamento de 80h e a cada dois anos o efetivo é submetido a exame psicológico. A iniciativa é responsável por manter o quadro de agentes de segurança pública da GMN capacitado e apto para atuar nas várias situações que cabem a intervenção dos guardas municipais.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com

sexta-feira, 17 de abril de 2015

Rope/GMN garante segurança da inauguração de CMEI da África

GMN foi responsável pela segurança no evento 
Equipe da Ronda Ostensiva de Proteção Escolar da Guarda Municipal do Natal (Rope/GMN) realizou a segurança do prefeito Carlos Eduardo e da população que foi prestigiar nesta sexta-feira (17) a inauguração do Centro Municipal de Educação Infantil Terezinha Linhares, situado na comunidade da África. O momento contou com as presenças do comandante da GMN, Gilderlan Alves de Sousa, da secretária municipal de Educação (SME), Justina Iva, e do secretário de Habitação, Regularização Fundiária e Projetos Estruturante de Natal (Seharpe), Homero Grec.

Para a área foram deslocadas duas viaturas e guardas municipais realizaram o patrulhamento completo de todo o perímetro onde ocorreu o evento. A unidade de ensino inaugurada funcionará na Travessa Padre José, na Comunidade da África, no Bairro da Redinha, zona Norte de Natal. A estrutura física do novo CMEI conta com seis salas de aulas; dois banheiros infantis; dois banheiros acessíveis; cozinha com despensa; lavanderia; depósito de material de limpeza; sala para professores; sala da direção; almoxarifado; refeitório; casa de gás; área de serviço; e estacionamento com seis vagas externas, sendo uma acessível.

O centro municipal Terezinha Linhares atenderá crianças na faixa etária dos dois aos cinco anos de idade, com turmas de níveis I ao IV. A instituição vai contar com o trabalho de doze professores, seis auxiliares de salas, um assistente de secretaria, uma merendeira, duas auxiliares de cozinha, quatro auxiliares de serviços gerais, quatro vigias e um coordenador pedagógico.

A unidade escolar vai ser mais uma guarnecida pelo patrulhamento ostensivo do Rope/GMN, que tem como missão principal garantir a segurança de estudantes, professores e servidores das escolas municipais de Natal.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Parceria da SME e Guarda Municipal garante segurança nas escolas de Natal

A parceria da Secretaria Municipal de Educação (SME) com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) tem atingido o objetivo de melhorar e garantir a segurança dos alunos, professores e funcionários, dentro, e nas proximidades das escolas. O trabalho é realizado por meio da operacionalização do Programa Pelotão Escolar, que faz a Ronda Ostensiva de Proteção Escolar (ROPE) no entorno e nas escolas da rede por guardas municipais que estão em dias de folga.

A Ronda Ostensiva de Proteção Escolar (ROPE) está atuando com o objetivo de coibir atos de violência mais intensa nas proximidades das instituições ou nelas próprias, combater brigas de torcidas organizadas com alunos envolvidos e até possíveis casos de tráfico de drogas nas redondezas de algumas unidades de ensino.

O trabalho da Ronda Escolar é integrado à Guarda Municipal e faz parte de um programa itinerante que vem atuando desde novembro de 2014. Atualmente é constituído por uma equipe de vinte homens e quatro viaturas divididas pelas quatro zonas da cidade do Natal para garantir a segurança dos estudantes e o combate à violência nas 145 instituições de ensino municipal.


O guarda municipal Ney Dantas afirma que, “os problemas mais recorrentes estão em escolas localizadas em bairros de periferias, com maiores índices de marginalidade. Não dá para isolar a escola do contexto em que está inserida. Ela faz parte de um todo maior, se há violência fora, poderá chegar também para dentro da escola, daí entra o nosso trabalho de prevenção e combate a violência”.

A vice-diretora Marli dos Santos, da Escola Municipal Irmã Arcângela, que fica localizada no bairro de Igapó, elogiou o trabalho da Guarda Municipal nas escolas. “A segurança da nossa escola, dos funcionários e alunos, melhorou consideravelmente com o trabalho da Ronda Escolar. Já existiram casos de traficantes venderem drogas para nossos alunos e quando houve intervenção da diretoria da escola, o diretor foi ameaçado e chegou inclusive a pedir exoneração do cargo por causa das constantes ameaças”. E concluiu “a maioria dos pais se sentem muito mais confiantes em mandar seus filhos para escola, pois sabem que estão em um ambiente seguro e que existem pessoas de prontidão para defendê-los de possíveis represálias”.

Ainda de acordo com o guarda municipal Ney Dantas, a Escola Municipal Irmã Arcângela, infelizmente não é a única. “Sabemos que as Escolas Municipais Waldson Pinheiro, localizada no loteamento Vale Dourado; Amadeu Araújo, no bairro de Nova Natal; Maria Alexandrina, no Parque das Dunas; e a Terezinha Paulino, no Parque dos Coqueiros também sofrem com a violência na comunidade onde estão inseridas”, disse.

“O serviço da ROPE é um trabalho de formiguinha, mas que com muita dedicação e insistência estamos tendo um bom retorno, pois os casos de violência tem diminuído dia após dia. Mesmo com a positividade da Ronda Ostensiva de Proteção Escolar, existe a necessidade do aumento do efetivo da Guarda e de mais viaturas disponíveis, para melhorar cada vez mais o desempenho e agilidade dos serviços da Ronda Escolar”, disse Ney Dantas.


O guarda municipal explicou que o serviço da ROPE não se detém apenas a Ronda Escolar, pois a Guarda Municipal também tem um projeto chamado Semente Cidadã, que acolhe 150 alunos de diferentes escolas para praticarem diversas atividades relacionadas ao esporte e a cultura, como o ensino de música, a prática de dança, basquete, voleibol, futebol de salão, entre outras atividades desenvolvidas. “Nosso objetivo é que esse projeto venha se expandir para todas as escolas da rede municipal de Educação, na esperança de desviar as crianças, adolescentes e jovens da violência e marginalidade. Para nós da guarda municipal não basta apenas protegê-los da violência, é necessário mostrar-lhes o caminho certo a seguir”, afirmou Ney Dantas.

Além do projeto Semente Cidadã, também vai começar um trabalho de palestras para orientar os alunos em relação à prevenção de drogas, uso de preservativo, prevenção de incêndios e acidentes. As palestras serão ministradas por profissionais da guarda municipal habilitados, entre eles, psicopedagogos.


Fonte: Secom PMN.

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Semdes e Sesed debatem ações para ampliar segurança na capital

Iniciativa vai fortalecer integração e melhorar a segurança pública em Natal
O titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social de Natal (Semdes), Osório Jácome, juntamente com o deputado Federal, Antônio Jácome, participaram de uma reunião com a secretária de Segurança Pública do RN, Kalina Leite, onde foi tratada medidas de parcerias buscando aprimorar a segurança na capital. A ideia é ampliar o poder da Guarda Municipal do Natal com a compra de pistolas 380, entrando o Estado com o processo de capacitação de 120 guardas que vão utilizar o armamento.

A iniciativa se faz necessária, visto que o Departamento de Polícia Federal exige que o treinamento para obtenção do porte de pistola deve ser realizado por instituição policial, mesmo já tendo as agentes da Guarda Municipal o porte legal de armamento de repetição, que inclui até armas mais potentes como a espingarda calibre 12. Outro ponto tratado na reunião foi no tocante a doação de revólveres calibre 38, que devem ser doados pelo Comando da Polícia Militar para a GMN.

O secretário da Semdes, Osório Jacome, definiu o encontro como proveitoso e acredita que o fortalecimento da integração dos órgãos de segurança do município com o do Estado traz benefícios para a população que clama diariamente por segurança pública eficiente. “Esperamos que tudo dê certo e que possamos unir forças e melhorar a segurança da cidade do Natal”, disse.

Já a secretária Kalina Leite se mostrou atenta as explicações sobre o plano de cooperação apresentado pelo secretário das Semdes e pelo deputado Antônio Jácome, ficando de discutir o projeto com os demais técnicos da Secretaria a fim de levantar as necessidades logísticas para sua execução. “É fundamental que haja essa integração, bem como parcerias coordenadas entre os entes federados. Faremos o possível para atender ao pleito”, ressaltou.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Suspeito de assalto é preso por guardas municipais no bairro do Alecrim

Dyego Ramon portava simulacro de pistola 380
Guardas municipais da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN) detiveram na tarde dessa terça-feira (15) o acusado de roubo a mão armada Dyego Ramon Fernandes de Araújo. Com o suspeito foi encontrado uma bolsa com notebook, celular e carteira da vítima do assalto, além de um simulacro de pistola calibre 380. A prisão aconteceu nas proximidades da Escola Municipal João XXIII, no bairro do Alecrim.

No momento da prisão a guarnição da GMN realizava patrulhamento no bairro do Alecrim e foi abordada por populares informando de um suspeito que se encontrava portando arma de fogo na localidade. Os guardas municipais se dirigiram ao local e realizaram a abordagem, encontrando com Dyego Ramon o material que havia sido tomado de assalto de uma estudante no bairro de Neópolis. “Quando chegamos recebemos informações de um policial à paisana que seguiu o suspeito, após ele roubar uma pessoa em Neópolis”, relatou um dos guardas municipais.

Dyego Ramon foi conduzido pela guarnição da GMN a Delegacia de Plantão Zona Sul, onde foi autuado em prisão em flagrante sob acusação de roubo, ficando à disposição da Justiça.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

terça-feira, 14 de abril de 2015

Homem é preso furtando cabos de fibra ótica

Guardas municipais realizaram a prisão no bairro de Cidade Alta
Agentes da Ronda Ostensiva da Guarda Municipal do Natal (Romu/GMN) prenderam na manhã dessa segunda-feira (13) o desempregado Francisco Canindé dos Santos, 33 anos, acusado de furtar cabos de fibra ótica da operadora de telefonia Oi. A prisão aconteceu nas proximidades da unidade do Sesc Centro em Cidade Alta, no momento em que o suspeito tentava se evadir do local levando o material furtado.

Francisco foi conduzido a 1ª DP
De acordo com informações fornecidas pela equipe de patrulhamento da Romu/GMN, o acusado já havia retirado uma boa parte da fiação de fibra ótica e também foi apreendido em sua posse material retirado do antigo prédio da Secretaria Municipal de Tributação (Semut), que fica localizado nas proximidades. “Certamente esse material iria ser trocado por drogas em alguma boca de fumo da cidade”, arriscou um dos guardas municipais responsável pela prisão.

Francisco Canindé foi conduzido pelos guardas municipais a 1º Delegacia de Polícia onde foi autuado em flagrante delito sob acusação de furto.

Devido à retirada dos cabos de fibra ótica o prédio da Prefeitura do Natal passou boa parte do dia sem acesso a internet.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

quinta-feira, 9 de abril de 2015

Semdes e Semul discutem implantação da Patrulha Maria da Penha

O secretário da Semdes, Osório Jácome, recebeu bem a ideia
O titular da Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Osório Jácome, se reuniu nessa quarta-feira (08) com a secretária de Políticas Públicas para as Mulheres, Aparecida França, onde foi discutida  a criação da Patrulha Maria da Penha, além de ações de proteção as mulheres vítimas de violência, enfrentamento às drogas e atenção integral à população GLBT.

O ponto central levado pela secretária Aparecida França ao secretário da Semdes foi a proposta de implantar na capital potiguar a Patrulha Maria da Penha, serviço que fiscaliza e garante o cumprimento de medidas protetivas previstas pela Lei. A ideia é que este suporte, dado às mulheres em situação de risco de morte, seja realizado no município pela Guarda Municipal de Natal.

Ficou decidido então que uma nova reunião será marcada entre representantes das duas secretarias (Semdes e Semul), para que realizem uma análise sobre as experiências dos estados de São Paulo e Rio Grande do Sul, que já implantaram a Patrulha Maria da Penha. O objetivo é fazer uma avaliação dessas experiências e realizar as adaptações necessárias para a implantação do serviço em Natal.


Texto: Com Informações da Secom.