segunda-feira, 3 de agosto de 2020

Guardas municipais resgatam jiboia-arco-íris em condomínio de Natal

O animal foi solto na área de preservação ambiental do Parque da Cidade do Natal

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgataram no sábado (1º), uma jiboia-arco-íris. O réptil que pode chegar a dois metros de comprimento foi encontrado dentro de um condomínio residencial situado no bairro Planalto, zona Oeste da capital.

A guarnição da GMN foi acionada por moradores do condomínio que encontraram a jiboia fora do seu habitat. Os agentes usaram as técnicas e procedimentos para captura de cobras agindo de maneira a preservar a saúde do animal e dos agentes. A jiboia foi contida e colocada numa acomodação própria para transportar o animal.


Os guardas informaram que a jiboia arco-íris não é uma espécie peçonhenta e ataca suas presas utilizando técnica constritora, que consiste em abraçar a presa até a morte. As jiboias dessa espécie possuem um dorso pardo-avermelhado com manchas negras e ventre amarelado, apresentando brilho intenso. Elas se alimentam de mamíferos e aves.

A jiboia arco-íris passou por uma avaliação rápida das condições de saúde física feitas pelos guardas municipais e em seguida foi levada a Zona de Proteção Ambiental 01, onde se localiza o Parque da Cidade do Natal, e foi devolvida a natureza.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.


sábado, 1 de agosto de 2020

Prefeitura interdita bar por desrespeito as normas de prevenção ao coronavírus

Bar interditado fica localizado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, na zona Sul

Uma ação conjunta dos órgãos de fiscalização da Prefeitura do Natal interditou, na tarde deste sábado (1º), um bar onde foram registradas imagens de aglomerações desrespeitando as normas legais do Decreto Municipal, que disciplina a abertura gradual da economia seguindo critérios sanitários de prevenção ao contágio do coronavírus. O bar alvo da medida fica situado na Avenida Engenheiro Roberto Freire, em Ponta Negra, zona Sul da capital.

A medida, coordenada pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), teve caráter punitivo e de orientação, já que, além da interdição, especificou as determinações legais para que o estabelecimento possa funcionar de acordo com o que preconiza os decretos. “A Prefeitura não pode admitir que um trabalho sério, planejado e importante para o retorno da economia seja desrespeitado colocando em risco o avanço das medidas que estão sendo fundamentais para os empresários e para população”, comentou a secretária da Semdes, Mônica Santos.


Durante a fiscalização, foram vistoriados todos os pontos do estabelecimento, a exemplo de área total, quantidade de pessoas que pode comportar, distância entre mesas e cadeiras, acesso ao alcance das pessoas de álcool gel a 70%, como também as exigências de uso obrigatório de máscaras de proteção. “Os bares podem funcionar e até comercializar bebida alcoólica, porém devem cumprir todas as exigências sanitárias que estão relacionadas no decreto. Caso contrário, interditaremos”, concluiu a Secretária.


O subcomandante de Segurança da Guarda Municipal do Natal (GMN), Carlos Cruz, alertou que as viaturas da corporação estão nas ruas e qualquer denúncia de desrespeito aos decretos podem ser feitas pelo número 190 do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp). “Estamos vigilantes e pedimos que a população denuncie, que iremos agir”, disse.


De acordo com o Decreto Municipal, as fiscalizações do cumprimento legal das normas dos decretos são de responsabilidade da Semdes, Procon, Guarda Municipal do Natal (GMN), Semurb, Semsur e SMS, que estão trabalhando com o apoio das forças de segurança do Estado, a exemplo do Corpo de Bombeiros Militar, Polícias Militar e Civil.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

GMN reforça ações de conscientização e fiscalização no fim de semana

Secretária da Semdes, Mônica Santos, coordenou as ações na orla da capital

A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) realizou neste sábado (1º) mais uma grande ação de prevenção ao Covid-19, dessa vez na área do comércio popular e feira livre dos bairros do Alecrim e Cidade Alta, além da região da Praça Gentil Ferreira e praias urbanas. Guardas municipais lotados no Grupamento de Ação Patrimonial (Gapa) e na Ronda Saúde (RondaS) distribuíram cerca de 3.500 máscaras de proteção com pessoas que estavam sem o equipamento de proteção individual.



As medidas preventivas também se estenderam às áreas externas das agências da Caixa Econômica Federal que estão pagando hoje uma nova parcela do benefício emergencial do Governo Federal, destinado as pessoas afetadas economicamente pela pandemia do coronavírus.


O comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) utilizou um efetivo de 50 guardas distribuídos estrategicamente para abranger espaços mais amplos possíveis, dando foco justamente aos pontos onde existe maior circulação de pessoas, que foram orientadas pelos agentes sobre cuidados preventivos do uso de máscaras de proteção, higienização das mãos, distanciamento social e locais para buscar ajuda em caso de sintomas do Covid-19.


A secretária da Semdes, Mônica Santos, explicou que o trabalho de conscientização e fiscalização sanitária consiste em abordar as pessoas que estão de alguma forma desobedecendo as normas do decreto municipal de prevenção e combate ao coronavírus, alertando dos cuidados, distribuindo máscaras, fiscalizando e também agindo, de acordo com a lei, com aqueles que insistem em desobedecer as regras legais.


Este é mais um final de semana de reforço nas atividades de fiscalização e conscientização que a Prefeitura vem realizando buscando zelar pela saúde do cidadão. Essas ações sanitárias vêm se somar a outras medidas de prevenção orientadas pelo prefeito Álvaro Dias e pelo comitê técnico de saúde desenvolvidas desde o início da pandemia em Natal”, explicou a secretária.


O subcomandante de Segurança da GMN, Carlos Cruz, lembrou ainda que a fiscalização na orla ocorre de maneira sequenciada todos os dias da semana e vão continuar no mesmo ritmo. “A Guarda Municipal está sempre presente em todos os locais que se fazem necessário na proteção da saúde e do bem-estar do cidadão. Nossos guardas estão nas ruas, nas praias, nas feiras livres, no comércio e atendendo chamados via 190 todos os dias da semana e sempre com a meta de fazer o melhor por Natal”, comentou.


De acordo com o Decreto Municipal, as fiscalizações do cumprimento legal das normas dos decretos são de responsabilidade da Semdes, Procon, Guarda Municipal do Natal (GMN), Defesa Civil, Semurb, Semsur e SMS que estão trabalhando com o apoio das forças de segurança do Estado, a exemplo do Corpo de Bombeiros Militar, Polícias Militar e Civil.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

sexta-feira, 31 de julho de 2020

Guarda Municipal resgata filhote de sagui-de-tufo-branco em Lagoa Seca

O sagui se desprendeu da mãe e caiu em área urbana sendo resgatado pelos guardas

Um filhote de sagui-de-tufo-branco resgatado nessa quinta-feira (30), por uma guarnição do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN). O pequeno primata tinha se desprendido da mãe e caído numa área urbana nas proximidades de lojas situadas na Avenida São João, no bairro de Lagoa Seca.

O sagui foi recolhido por um proprietário de um pet shop que acionou a guarnição da GMN para fazer o resgate do filhote que se encontrava muito assustado. “Essa é mais uma ação do Grupamento Ambiental em prol da preservação da vida em todos os sentidos, inclusive de um filhotinho como esse, que muita gente pode não dar importância, mas o cidadão teve a sensibilidade recolher e acionar o 190 para fazermos esse resgate”, comentou o guarda A. Pereira.


O guarda municipal explicou que o filhote de Sagui-de-tufo-branco fica preso as costas da mãe e, provavelmente, caiu, porém vai receber os cuidados veterinários necessários e em seguida deve ser devolvido ao seu habitat. “O lema do Grupamento Ambiental e que toda vida importa para nós”, concluiu o guarda.

O sagui-de-tufo-branco é um dos primatas mais conhecidos do Brasil. É um animal de pequeno porte e pesa entre 350 e 450 gramas. Esta espécie apresenta a pelagem branca e estriada nas orelhas, daí a origem do nome popular. A cauda é maior do que o corpo e auxilia ao animal a se equilibrar. Tem origem da Caatinga e é muito comum no Rio Grande do Norte.


Cágado

Os guardas municipais ainda resgataram um cágado cabeça de cobra que estava em área urbana do bairro Potengi. O animal estava em boas condições de saúde e foi devolvido a natureza numa área de lagoa na região da Zona Norte. O cágado recebe o nome de cabeça de cobra devido ao seu pescoço que é extenso e lembra uma cobra.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Guarda Municipal resgata três iguanas em bairros distintos de Natal

Iguanas foram resgatadas nos bairros Potengi, Morro Branco e Candelária

Agentes do Grupamento de Ação Ambiental da Guarda Municipal do Natal (Gaam/GMN) resgataram nessa quinta-feira (30) três iguanas em locais distintos da capital. Os animais que podem atingir até 180cm de comprimento foram resgatados nos bairros do Potengi, Morro Branco e Candelária, nas zonas Norte, Leste e Sul da cidade, respectivamente.

O primeiro réptil foi encontrado numa residência situada na Rua Jussara, bairro Potengi. Os moradores acionaram o Grupamento Ambiental que foi até o local e realizou a captura do animal que se encontrava numa área de difícil acesso, sobre um muro com grampos de ferro e cerca elétrica.


Os guardas municipais utilizaram técnicas de captura preservando a integridade física do réptil, que passou por uma avaliação externa da saúde, sendo em seguida levado a área de proteção ambiental onde se situa o Parque da Cidade, onde foi devolvido a natureza. “Esse resgate de iguana foi o mais complicado que fiz desta espécie, exatamente por ter estes grampos de ferro enferrujado abaixo dela com risco de ferir o animal. Eu me feri, mas ele não”, comentou o guarda municipal A. Pereira.

Já no segundo resgate, o animal estava dentro da área de uma casa na rua Dr. Júlio Resende, em Morro Branco. A iguana foi resguardada pela família até a chegada da guarnição da GMN, que fez o resgate, sendo logo em seguida aplaudida pelas pessoas que presenciaram o fato. Os guardas deram algumas informações e orientações sobre os hábitos do animal e o levou em seguida para soltura em área de preservação ambiental.


Já no último resgate, a iguana era ainda um filhote encontrado no jardim de uma residência na Rua Clara Camarão, em Candelária. “Pedimos sempre que a população aja dessa forma nos acionando para que o resgate seja realizado de maneira segura preservando a saúde física dos animais”, solicitou o coordenador do Gaam/GMN, Isaac Cruz.

Qualquer cidadão que se deparar com algum animal silvestre fora do seu habitat pode solicitar o apoia do GAAM\GMN através do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública (Ciosp) ligando para o número 190. É importante que as pessoas nunca espanquem ou tentem matar o animal, apenas acionem a guarnição para fazer o resgate em segurança.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.7

terça-feira, 28 de julho de 2020

Prefeitura visita shoppings em Natal e averígua adequações para abertura ao público

Secretária da Semdes, Mônica Santos, informou que as fiscalizações continuam

As secretaria municipais de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes), Serviços Urbanos (Semsur) e o Procon Municipal iniciaram na tarde dessa segunda-feira (27), o processo de visitação, orientação e fiscalização nos shoppings centers que podem abrir suas portas a partir de hoje, conforme autorização estabelecida no Decreto nº 12.008 da Prefeitura do Natal, publicado na edição de ontem do Diário Oficial do Município (DOM).

Nesse primeiro momento, receberam as equipes de fiscalização as administrações do Midway Mall e Natal Shopping, sendo no dia do hoje a ação direcionada ao Partage Norte Shopping, na zona Norte. A visita técnica é coordenada pela titular da Semdes, Mônica Santos, e pelo diretor do Proncon, Gleiber Dantas, que inspecionaram todas as alas dos prédios, passando por estacionamento, corredores, elevadores, banheiros, área de alimentação e circulação nas lojas.


Na ocasião, foram reforçadas as orientações dos cuidados sanitários para evitar o contágio do coronavírus, como estabelecidas nos decretos municipais, colocado as regras determinadas e averiguadas o sistema de indicação com colocação de sinalização, determinando os pontos de entrada e saída, setas de distanciamento social no solo dos corredores e elevadores, como também as distâncias exigidas na área interna dos banheiros para uso coletivo das pias e demais equipamentos.

Um ponto importante ressaltado pelas equipes é no tocante a quantidade de pessoas que podem permanecer ao mesmo tempo dentro dos shoppings, sendo no máximo 30% da capacidade de operação do estabelecimento. Outro informe reforçado pelos técnicos foi o horário de funcionamento, que deve seguir rigorosamente das 12h às 20h.

“A visita foi no sentido de orientar e reforçar as regras estabelecidas no decreto. Percebemos que os shoppings visitados se adequaram as normas sanitárias para receber as pessoas, porém a fiscalização vai ocorrer frequentemente para que tudo corra bem e gradualmente, com segurança, a Prefeitura possa ir ampliando a abertura”, explicou a titular da Semdes, Mônica Santos.

De acordo com o Decreto Municipal, as fiscalizações do cumprimento legal das normas são de responsabilidade da Semdes, Procon, Guarda Municipal do Natal (GMN), Semurb, Semsur e SMS.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.


segunda-feira, 27 de julho de 2020

Fiscalização da Prefeitura e Estado garante cumprimento de decretos nas praias de Natal

Fiscalização percorreu o comécio, calçadões e faixa de areia da praias desde Redinha a Ponta Negra

O final de semana foi de intensa fiscalização na orla de Natal no intuito de inibir ações de desrespeito ao decreto municipal da Prefeitura, que determina a retomada gradual da economia sob critérios de segurança sanitária, para evitar a propagação do coronavírus. As medidas coordenadas pela Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social de Natal (Semdes) aliada as forças de segurança do Estado evitaram as aglomerações nas praias, reforçaram o uso de máscaras de proteção e outras medidas de prevenção.

Durante as fiscalizações, guardas municipais, agentes da defesa civil, policiais militares e civis, entre outros agentes públicos abordaram pessoas que estavam sem máscaras de proteção, que receberam informações sobre o uso obrigatório e doação do equipamento de proteção. Pequenas aglomerações foram registradas no decorrer da fiscalização, a exemplo de jogos de futebol na beira mar, porém os agentes conversaram com as pessoas e finalizaram as aglomerações.

Um bar também foi autuado pela fiscalização por se encontrar comercializando bebida alcoólica, o que é proibido. Outra ação se deu no bairro de Mãe Luíza, onde guardas municipais e policiais militares abordaram pessoas que estavam realizando uma festa com uso de som e consumo de bebida alcoólica na rua.


A secretária da Semdes, Mônica Santos, passou toda a manhã do sábado (25), coordenando pessoalmente as equipes de fiscalização e a tarde foi averiguar o sistema de monitoramento de câmeras do Centro Integrado de Operações em Segurança Pública do RN (Ciosp), onde foi colocado guardas municipais para monitorar as praias da capital.


De acordo com Mônica Santos, a integração das forças da Prefeitura do Natal e do Estado possibilitaram o cumprimento dos decretos e evitaram em toda a extensão da orla da capital (de Redinha a Ponta Negra) que ações danosas a saúde pública voltassem a se repetir. “Fizemos um trabalho integrado que foi um sucesso. Tivemos fiscalização nos comércios da orla, nos calçadões e em toda a faixa de areia. A iniciativa do prefeito Álvaro Dias de reforçar a fiscalização para o bem de Natal surtiu efeito positivo”, comentou a secretária.


A secretária, que também acompanhou as ações no domingo (26), lembrou que o trabalho intenso de fiscalização vai continuar durante toda esta semana e no decorrer da validade dos decretos. “Pedimos que as pessoas ajudem a combater esse vírus, pois juntos poderemos alcança êxito. Quanto as fiscalizações, vão continuar com os mesmos reforços desse final de semana”, alertou Mônica Santos.


O trabalho integrado também contou com a instalação de duas delegacias móveis ao longo da orla, utilização de quadriciclos e motocicletas na faixa de areia e uniu a Guarda Municipal do Natal (GMN), Defesa Civil, STTU, Semurb, Semsur, Procon, Corpo de Bombeiros Militar, Polícias Militar e Civil numa grande operação em prol da saúde pública.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.