quarta-feira, 7 de junho de 2017

Novos guardas municipais iniciam treinamento com pistola 380 e espingarda calibre 12

Curso vai aperfeiçoar mais 25 guardas municipais de Natal
A Secretaria Municipal de Segurança Pública e Defesa Social (Semdes) através do comando da Guarda Municipal do Natal (GMN) iniciou nessa terça-feira (06) mais uma edição do curso de pistola 380 e carabina calibre 12 direcionado aos guardas municipais de Natal. A capacitação teórica vai ser ministrada na sala de Instrução da GMN e a parte prática no estande de tiro do Batalhão de Operações Especiais da Polícia Militar (Bope).

Nessa turma serão qualificados mais 25 guardas municipais. A capacitação foi aberta com uma palestra abordando o Papel da Polícia Militar e a atuação Integrada, ministrada pelo tenente coronel Fábio Araújo, comandante do 1º Batalhão da PM. O curso conta com 132 horas de aulas, sendo que 70% das instruções serão de atividades práticas. As instruções vão acontecer no período diurno nas terças e quintas-feiras. Com o término da habilitação, os guardas municipais poderão portar dentro e fora do serviço, além de revólver calibre 38, a pistola 380 e a espingarda calibre 12.

Palestra de abertura do curso foi ministrada pelo tenente coronel Fábio Araújo
Na capacitação constam as disciplinas de Apresentação do Armamento; Manejo, Maneabilidade e Manutenção do Armamento; Emprego do Armamento Calibre 12 no Serviço Operacional da GMN; Oficina de Instrução Preparatória para Tiro; Prática de Tiro Policial com Pistola; e Condutas e Procedimentos em Estande de Tiro.

Os guardas municipais inscritos são aqueles que atuam nas unidades móveis da GMN, estando diretamente ligados ao serviço operacional de patrulhamento ostensivo. Os agentes também se encontram aptos em psicotestes e possuem documentação funcional em dia junto ao Setor de Instrução da corporação.

O subcomandante de Instrução da GMN, Sousa Filho, relatou que o curso tem quase em sua totalidade a aplicabilidade prática do armamento indo desde o manuseio, manutenção e utilização qualificada. “Nesse sentido o trabalho conduzido pelos instrutores busca sempre a simulação do emprego da arma no dia a dia das equipes operacionais da GMN”, comentou.


Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Nenhum comentário: