segunda-feira, 16 de setembro de 2013

Operação Arrasta Paredão foi deflagrada na orla da capital potiguar




Operação iniciou na praia de Ponta Negra e foi finalizada na Redinha.
A Guarda Municipal do Natal (GMN) em conjunto com a Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Urbanismo (Semurb) deflagrou neste domingo (15) a operação Arrasta Paredão que combate o uso indevido de paredões de som e outros equipamentos sonoros utilizados na orla urbana da capital. A ação foi iniciada durante a tarde e se estendeu pela noite.

Os 13 guardas municipais do Grupamento de Ação Ambiental e da Ronda Ostensiva da GMN e os três fiscais da Semurb averiguaram toda a extensão da Praia de Ponta Negra até a Redinha. Foi contabilizada a apreensão de 14 caixas de som, dois amplificadores, dois supertwitters, além do recolhimento de duas facas que estavam em poder de elementos suspeitos.

Vários equipamentos de som foram apreendidos.
No momento das apreensões, os fiscais da Semurb expediram vários autos de constatação direcionados aos donos de bares e barracas que se encontravam transgredidos a lei ambiental, com o uso de aparelho sonoro acima do limite de decibéis permitido por lei. Os infratores foram enquadrados no Código Municipal de Meio Ambiente (Lei 4.011/92) e na Lei de Paredões (Lei 6.246/11) que prever multa de R$ 270,90 a 1354,50 para os cidadãos que transgredirem essas normas.

Operação deve ser continuada nos finais de semana.
A operação foi também acompanhada pela equipe de jornalismo da Intertv Cabugi e foi ao ar nesta segunda-feira (16) no programa Bom Dia RN. Confira a matéria na íntegra clicando no link a seguir: 



Texto: Assecom GMN.
Contato: assecomgmn@hotmail.com.

Um comentário:

Marcos Nunes disse...

Isso deveria acontecer todos os dias!!!Para que a população note que estamos presentes em todos os momentos e consequentemente os governantes pesem o quanto somos importante para a sociedade!!!